quarta-feira, 29 de junho de 2011

MINHAS BÊNÇÃOS - ROD SERLING

Se Monteiro Lobato foi o primeiro escritor que colocou no meu coração o desejo de escrever livros e contos, Rod Serling me inspirou nas artes cênicas. Eles foram e sempre serão faróis para quem sonha em colocar nos personagens falas e ações. Rod, por ser amante da liberdade plena, foi rapidamente rotulado como rebelde e perigoso pelos americanos que roubaram a bandeira dos fundadores do país. Rod facilmente se alinharia entre Jefferson, Emerson e Franklin; teve a infelicidade de nascer séculos depois, no meio de uma nova caça às bruxas.

Este amor pela verdade absoluta o levou ao lado oposto, à ficção desvairada a serviço de uma idéia. É dele a mais talentosa série de TV jamais escrita, Além da Imaginação (Twilight Zone), dos anos 50. Ele exercitou o seu talento em outros programas voltados para o teatro, como Playhouse 90, escrevendo um dos seus mais bem sucedidos roteiros, Réquiem Para um Lutador (Requiem For a Heavyweight):





Entre as obras-primas de Twilight Zone destaca-se uma ferocíssima crítica ao sistema, Uma Parada em Willoughby:




A série gerou até uma das mais populares atrações do parque Hollywood Disney, a Torre do Terror, cujo pré-show apresenta Rod Serling contando a tragédia que atingira um hotel fantasma, e uma família morta numa queda do elevador...


Algumas coletâneas de Além da Imaginação foram lançadas em DVD e são obrigatórias nas prateleiras de espectadores de bom gosto:


Este blog não recomenda específicos sites de venda. Pesquise antes de comprar!

seja o primeiro a comentar!