terça-feira, 2 de agosto de 2011

MINHAS BÊNÇÃOS – O COMPUTADOR PESSOAL

Quando se fala em computador, a primeira imagem que nos ocorre é o HAL, do clássico 2001 Uma Odisséia no Espaço (se você quer saber de onde surgiu este nome, é só avançar uma letra em HAL). HAL decide assumir o comando da nave e é desligado. Afinal, é o homem quem manda:


O sonho de expandir os poderes do ser humano já esteve num seriado popular da Republic, Rocket Man (por aqui, Capitão Cody).


Ou muito antes, inspirando romancistas como Jules Verne.


Mas nem sonhávamos em ter um computador em casa! O meu primeiro contato com esta máquina maravilhosa aconteceu com o ATARI 800, um passo à frente do famoso joguinho! Mas logo pulei para o ATARI ST, com fantásticos 4 Mega de memória. Já naquele tempo a concorrência se fazia feroz! Daí para o XE foi um pequeno passo para o homem, mas um salto gigante para o Stil:




Os cartuchos BASIC nos permitiam até ousar na programação de pequenos jogos. Eu entendi que a minha vida nunca mais seria igual, bem como a vida em todos os lares da Terra. Especialmente, eu possuía a melhor máquina de escrever do mundo! Poderia tirar quantas cópias quisesse! Isto parece bobagem hoje em dia, mas era um milagre nos anos 70. Então, aqui presto meu tributo a um dos gênios do século XX, Bill Gates e ao Word for Windows:


E ao querido Steve Jobs, um dos criadores da Apple, que sigo no Twitter:


A realidade estava em nossas mãos desde o aparecimento do Photoshop. As mulheres viraram deusas; o controle das cores, contrastes, layers, efeitos, estes mistérios exclusivos dos melhores artistas estavam ao meu alcance! Obrigado, Adobe!


Vamos enumerar outras bênçãos que tão generosamente nos são oferecidas a todo momento:











É claro que acesso muitos outros sites todos os dias, mas estes são básicos.

seja o primeiro a comentar!